câncer ginecológico

Câncer ginecológico: 7 sinais que podem indicar o problema

Quando falamos de câncer ginecológico, estamos falando dos tumores malignos que se desenvolvem no colo de útero, ovário, endométrio, vagina e vulva. Como podem ser detectados em exames preventivos, as mulheres precisam adotar uma postura ativa perante a própria saúde.

Você conhece os sintomas que indicam a presença desses cânceres? Então, não deixe de ler este post. A seguir, listamos alguns dos sinais mais comumente associados a esses tumores.

Veja, a seguir, os sinais de câncer ginecológico:

1 – Hemorragias, manchas e corrimentos

Cerca de 90% dos pacientes diagnosticados com câncer de endométrio apresentam algum grau de sangramento vaginal, seja entre as menstruações ou após a menopausa. Como pode ocorrer em situações não cancerígenas, é fundamental buscar um médico.

Além disso, o corrimento vaginal sem sangue pode ser um sinal de câncer de endométrio, sintoma presente em 10% dos casos. Por isso, qualquer corrimento anormal, com ou sem sangue, deve ser relatado ao médico.

2 – Alterações na pele

Embora o câncer de vulva costume ser assintomático, quando há algum sintoma, ele tende a ser uma alteração na pele da vulva. Muitas vezes, se torna mais espessa que a pele normal em torno dela.

Ademais, existem casos em que há uma alteração na coloração da pele ao redor. Uma área da vulva pode parecer mais clara ou mais escura, com tonalidade vermelha ou rosa. A região também pode aparecer branca e áspera.

3 – Dor pélvica

Dor ou desconforto na região pélvica e massa anormal na pelve também pode ser um indicativo de câncer ginecológico de endométrio. Porém, é um sintoma mais comum quando a doença está em estágio avançado. Assim, ao primeiro sinal de dor, procure um médico.

4 – Sangramento vaginal após a menopausa é sinal de câncer ginecológico

Em suma, o sangramento vaginal após a menopausa é motivado por uma condição benigna. Com menor frequência, esse sangramento é provocado por um câncer da região ginecológica. 

5 – Perda de apetite

No caso do câncer de ovário, é comum que as mulheres apresentem uma diminuição do apetite. Geralmente, esse sintoma é resultado dos impactos do tumor no metabolismo. No entanto, a perda de apetite pode ser causada por uma série de fatores não cancerígenos.

6 – Ganho ou perda de peso

Em função dessa perda de apetite, as pacientes podem até perder, subitamente, cerca de 4,5kg sem mudar a dieta ou sem aumentar a prática de exercícios físicos. Da mesma forma, o ganho de peso é justificado pelo crescimento do tumor, principalmente nos casos de câncer de ovário.

7 – Dor durante a relação sexual

Sentir dor durante a relação sexual não é nada normal e sempre deve ser investigado. Existem duas situações para esse desconforto: a mulher passa a sentir dor repentinamente ou ela sempre sentiu, desde as primeiras relações.

Nesse sentido, no primeiro caso pode indicar uma doença inflamatória pélvica. No segundo, pode ter relação com endometriose, vaginismo ou dor miofascial. O câncer de colo de útero também causa dor durante o sexo, mas esse sintoma costuma ocorrer tardiamente, após o surgimento de outros sinais.

Lidando com o câncer ginecológico

Então, com a leitura deste post, você conheceu alguns dos diversos sintomas comuns nos casos de câncer ginecológico. Assim, ao primeiro sinal de um desconforto anormal na região do aparelho reprodutor, procure um médico para ser avaliada.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Então, leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como oncologista em São Paulo!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp