exames de rastreamento

A importância dos exames de rastreamento



Os exames de rastreamento de câncer podem salvar vidas. Com apenas algumas gotas de sangue é possível detectar alguns tipos da doença. Neles, marcadores tumorais, como o PSA e o AFP, podem acusar a metástase no organismo do indivíduo quando algum tumor está se desenvolvendo.

Obter um diagnóstico precoce de câncer é essencial para iniciar um tratamento rapidamente e, dessa forma, aumentam-se as chances de sucesso do tratamento e recuperação.

Por isso, esse fala sobre a importância dos exames de rastreamento. Não deixe de acompanhar.

Exame de rastreamento do câncer

Exame de rastreamento é um exame de sangue realizado a fim de se investigar a possibilidade de incidência de um tumor no organismo.

Quando ele indica a ocorrência de câncer, ainda é necessário um diagnóstico fechado com a complementação de exames de imagem ou quaisquer outros que sejam pertinentes.

A realização de exames em si não previne o tumor maligno, mas permite a sua identificação na fase inicial. Sendo assim, o exame de rastreamento pode ser encarado como uma medida preventiva, uma vez que reduz as chances de complicações e de morte pela doença.

Existem dois tipos de rastreamento, também chamados de triagem ou screening: o oportunista e o populacional.

O rastreamento oportunista é aquele que acontece quando a pessoa vai ao consultório e o médico prescreve um exame, que pode identificar ou não a existência de alguma doença. O rastreamento populacional é realizado por programas governamentais.

Detecção precoce

Quem apresenta fatores de risco para o câncer deve fazer exames de rastreamento periodicamente. Se o indivíduo tem histórico de câncer na família, é tabagista ou alcoolista, ou se expõe a substâncias cancerígenas, é possível que o médico indique o rastreamento para a detecção precoce.

Vários tipos de câncer são facilmente identificados por esse tipo de procedimento de análise. Entre eles, o colorretal, o de colo do útero, próstata e o de mama.

Por meio da detecção precoce, algumas mulheres descobrem o tumor mamário a tempo de não ser necessário retirar a mama. Além disso, muitos indivíduos buscam tratamento a tempo de evitar uma complicação mais grave.

É necessário, no entanto, que o diagnóstico seja confirmado com exames complementares. Assim, o médico pode ter certeza na indicação do tratamento adequado.

Por isso, a melhor forma de garantir o diagnóstico na fase inicial de um câncer é investir no seu rastreamento. Converse com o seu médico sobre seu histórico clínico e veja se é necessário se submeter a esse tipo de exame.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como oncologista em Londrina!



Comentários
Dr. Rafael Onuki Sato

Posted by Dr. Rafael Onuki Sato