câncer do colo do útero

6 sinais de câncer do colo do útero

Você sabia que o câncer de colo do útero foi o responsável pela morte de 530 mil mulheres no mundo? Sabe dizer por que essa neoplasia está dentre as que mais atingem as mulheres da América Latina?

Bem recentemente, a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) fez a triste constatação de que as mulheres latinas, juntamente com as do Caribe, estão em perigo.

Incidência do câncer do colo do útero

Infelizmente, todo ano são registrados cerca de 56 mil novos casos, e aproximadamente 28 mil mulheres perdem a vida. Se incluirmos Canadá e EUA, o número de diagnósticos sobre para 72 mil e o de óbitos chega a 34 mil.

No Brasil, o Instituto Nacional do Câncer (Inca) estima o surgimento de 16.370 novos casos e mais de 6 mil mortes em função desse tipo de tumor. Para que você tenha uma ideia da projeção estatística da doença nas regiões brasileiras, infelizmente, as mulheres do Norte do país são as mais afetadas — seguidas pelas das regiões Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul.

Apesar de, neste artigo, eu reportar as mazelas do câncer do colo do útero, também trago boas notícias: sim, é possível prevenir a doença! Então, se você quer ficar por dentro dos sinais dessa enfermidade para se proteger, leia este artigo até o final!

1. Corrimento vaginal anormal

Se você perceber alterações como coloração marrom e mau cheiro, consulte o seu ginecologista, porque ele poderá, por meio de exames, averiguar o quadro. Afinal de contas, não dá para bater o martelo nem para sim nem para não, antes de investigar os motivos.

2. Sangramento vaginal sem motivo

Outro ponto de atenção são os sangramentos entre as menstruações e também durante as relações sexuais. Caso você perceba essa modificação, não hesite em consultar o ginecologista, porque, quanto mais cedo essa alteração for identificada, melhor será para a sua saúde.

3. Perda de peso

Devo dizer que esse é um processo de autoconhecimento, pois não há ninguém mais capacitado que a própria pessoa para perceber certas mudanças, ainda que sutis. Portanto, se o seu peso é 65 kg e, no espaço de um mês, ele cai 5 kg, 8 kg, 10 kg, 17 kg, sem exercício ou dieta, então, algo precisa ser verificado.

4. Sensação de pressão

Não se engane, pois o corpo fala. É claro que não devemos confundir qualquer sintoma com os sinais do câncer de colo do útero. Contudo, determinadas sensações, quando são persistentes, devem ser investigadas.

Por exemplo, a percepção de pontadas ou compressão no interior da barriga, dependendo da região, tende a indicar problemas no útero. Principalmente se, aliado a isso, também estiverem os sintomas citados anteriormente e os que virão em seguida.

5. Dor abdominal

Durante o contato íntimo ou quando você vai ao banheiro, a dor pélvica é persistente? Então, marque uma consulta com o clínico geral para avaliar essa insistência, porque as pequenas manifestações podem esconder grandes problemas.

6. Vontade de urinar com frequência

Uma mulher quando está grávida, normalmente, sente vontade de ir ao banheiro com mais frequência, correto? Mas, se essa não é a sua condição, fique ligada, porque pode ser sintomas de cistite, diabetes, ansiedade, depressão e até do câncer em questão neste artigo. Nesse caso, somente uma análise aprofundada poderá determinar a causa.

Viu como é possível se proteger do câncer do colo do útero somente observando, com atenção, algumas ocorrências? Nesse sentido, convido você para compartilhar essa informação com outras mulheres, pois, juntos, podemos mudar essas estatísticas.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder os seus comentários sobre esse assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como oncologista em Londrina!

Comentários
Dr. Rafael Onuki Sato

Posted by Dr. Rafael Onuki Sato