5 sintomas do câncer de pele e do melanoma

O câncer de pele é o tipo mais incidente no Brasil, que surge devido ao crescimento irregular das células da pele e pode ser dividido em dois grupos: melanoma e não melanoma. O melanoma cutâneo tem crescido em todo o mundo e é o tipo de câncer mais grave dos tumores de pele, devido à sua capacidade de metástase.

Dois dos tipos principais de câncer do grupo não melanoma são o carcinoma basocelular (CBC) e o carcinoma espinocelular (CEC). Já os melanomas se apresentam em mais tipos, como o melanoma nodular, o melanoma maligno lentigo, o melanoma lentiginoso acral e o melanoma maligno disseminado.

Neste artigo, vamos abordar os sintomas mais comuns do CBC e do CEC e ainda o tipo melanoma.

Sintomas de câncer de pele

1. Carcinoma basocelular – CBC

O carcinoma basocelular pode ser identificado como uma forma levemente distinta da pele, sendo mais frequente no rosto, no pescoço e em outras partes expostas ao sol. Ele se assemelha a uma protuberância que:

  • tem aparência perolada ou tons branco, bege, rosa ou marrom;
  • sangramento;
  • aparenta uma ferida que não cicatriza;
  • pode produzir uma crosta e liberar algum líquido.

2. Carcinoma espinocelular – CEC

As localizações mais frequentes desse tipo de câncer são as áreas expostas ao sol, como o couro cabeludo, as orelhas, o pescoço e o dorso das mãos. Pode ocorrer também nos membros superiores, nas membranas mucosas ou nos genitais. Normalmente, aparece como uma mancha ou um nódulo com as seguintes características:

  • sinais de lesão solar, como enrugamento, perda de elasticidade e mudanças na pigmentação;
  • cor avermelhada;
  • consistência mais endurecida, com crostas no local e descamação, sendo capaz de expelir algum líquido;
  • rápido crescimento;
  • semelhante a uma ferida que não cicatriza.

Sintomas de melanoma

O melanoma pode surgir na pele, nas orelhas, no olhos, nas membranas mucosas, no trato gastrointestinal e nos genitais. Nos homens, a ocorrência predomina no dorso, e nas mulheres, nos braços e nas pernas.

3. Sinais de melanoma

A aparência do melanoma varia muito, alguns podem apresentar uma, duas ou todas as características incomuns, como as seguintes:

  • mudança na forma de uma mancha ou pinta existente;
  • crescimento de uma nova mancha ou pinta de aparência incomum ou pigmentada;
  • coceira, sangramento e a não cicatrização do local.

4. Alterações em um sinal já existente

  • elevação de uma pinta anteriormente plana;
  • inchaço, sangramento ou crostas;
  • vermelhidão, inchaço ou pequenas novas manchas pigmentada ao redor de uma lesão, chamada de pigmentações satélites;
  • formigamento, queimação ou dor;
  • mudanças na consistência;

5. Sinais de melanoma em metástase

  • Os sintomas do melanoma metastático incluem nódulos linfáticos inchados e uma protuberância incolor ou um espessamento sob a pele.

Qualquer novo sinal na pele ou alteração em uma pinta ou mancha já existente devem servir de alerta para procurar um médico capacitado para que se faça o diagnóstico correto e inicie o tratamento o quanto antes. O câncer de pele possui boas taxas de cura se diagnosticado precocemente.

 

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como oncologista em Londrina!

Comentários
Dr. Rafael Onuki Sato

Posted by Dr. Rafael Onuki Sato