9 sintomas do câncer de cólon e reto

Os sintomas do câncer de cólon e reto não são exclusivos e, por vezes, podem ser facilmente confundidos com aqueles de outras doenças. A manifestação desse tumor tem também relação com nossos hábitos alimentares e de exercícios físicos.

Neste artigo, vamos explicar mais sobre os sintomas dessa doença. Para se informar mais, continue a leitura!

O que é o câncer de cólon e reto?

Também chamado de câncer colorretal, ele é o resultado da interação de fatores relacionados à nossa genética, ao ambiente no qual vivemos e a nossa rotina alimentícia. Esse tumor afeta a parte do intestino que chamamos de intestino grosso, desde seu inicio no ceco até seu final no reto e ânus, e seu desenvolvimento é dividido em quatro estágios.

Quais são os seus principais sintomas?

É comum que a doença não apresente sintomas durante os primeiros estágios de seu desenvolvimento. Além disso, os sintomas também podem variar de acordo com o tamanho e a localização do câncer. Dentre os sintomas mais comuns, estão:

  1. alteração do hábito intestinal, que pode ser caracterizada por diarreia ou constipação;
  2. fezes pastosas e que apresentam coloração escura;
  3. sangramento retal ou presença de sangue nas fezes;
  4. coceira ou ardor na região do ânus;
  5. perda de peso sem que haja um motivo aparente;
  6. presença de náuseas e vômito;
  7. sensação de cansaço e fraqueza;
  8. sensação de que, após evacuar, o intestino não fica completamente vazio;
  9. desconforto abdominal caracterizado por cólicas, gases e dores abdominais.

Quais são os principais fatores de risco? É possível prevenir?

Além da já mencionada questão genética, há outros fatores que podem influenciar no aparecimento e desenvolvimento do câncer de cólon e reto. Por exemplo, uma dieta rica em alimentos processados, gorduras e carne vermelha, o sedentarismo, o tabagismo e o alcoolismo são alguns deles.

Sua prevenção pode ocorrer pela adoção de uma dieta que privilegie o consumo de frutas, verduras e vegetais. A prática de exercícios também é importante. Além disso, é essencial consultar-se regularmente com um médico, pois esse profissional será capaz de fazer um rastreamento a fim de detectar a doença ainda em sua fase inicial, de forma a tornar seu tratamento mais rápido e eficiente antes que a mesma evolua para um tumor maligno.

Caso você sinta algum dos sintomas, é importante fazer uma lista a fim de verificar quais são os sinais e há quanto tempo eles apareceram. Procure também ter informações sobre a frequência com que eles têm se manifestado.

Anote também todas as possíveis dúvidas para questionar o médico no momento da consulta. Caso seja realizado o diagnóstico de câncer, serão feitos exames a fim de detectar o estágio da doença, uma vez que seu tratamento dependerá dessas informações. O médico analisará também seu histórico familiar para verificar a presença de câncer de cólon e reto ou outros tipos de câncer.

 

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como oncologista em Londrina!

Comentários
Dr. Rafael Onuki Sato

Posted by Dr. Rafael Onuki Sato